Tratamento Fisioterapia

A Fisioterapia é uma ciência tão antiga quanto o homem. Surgiu com as primeiras tentativas dos ancestrais de diminuir uma dor esfregando o local dolorido e evoluiu ao longo do tempo com a sofisticação, principalmente, das técnicas de exercícios terapêuticos.

A Fisioterapia como profissão nasceu em meados do século XX, quando as duas guerras mundiais causaram um grande número de lesões e ferimentos graves que necessitavam de uma abordagem de reabilitação para reinserir as pessoas afetadas novamente em uma vida ativa. Inicialmente executada por voluntários nos campos de batalha, a Fisioterapia acompanhou as grandes mudanças e transformações do século XX e os profissionais que a desempenhavam souberam agregar novas descobertas e técnicas às suas práticas, sofisticando e desenvolvendo uma ciência própria e um campo específico de atuação, independente das outras áreas da saúde.

Em 1959 foi criada a Associação Brasileira de Fisioterapeutas (ABF), que se filiou a WCPT (World Confederation for Physical Therapy), cujo objetivo era buscar o amparo técnico científico e sócio cultural para o desenvolvimento da profissão. A fisioterapia foi reconhecida pelo Decreto-lei nº 938/69 de 13/10/1969. A especialidade é composta por diferentes técnicas de grande importância no tratamento de problemas do aparelho locomotor em especial nas dores nas costas.

Ao auxiliarem o indivíduo a manter a sua mobilidade os profissionais de fisioterapia colaboram para a melhora da autonomia do paciente e consequentemente de sua qualidade de vida, permitindo a sua reintegração social.

A seguir descreveremos algumas dessas técnicas: